Monday, 25 August 2008

lalalala I´m so happy with love ^^




.
.
Acabei de achar esse link. Pena que só vou poder ler quando chegar em casa :-( Esse pc não lê fonts em nihongo. Zannen.

Entrevista para o MSN. Ótimo. Parece que é sobre o novo single do Laruku e é uma entrevista com todos eles.


http://music.jp.msn.com/interview/220_1_1.htm

.
.
.
.

Seppun





Nesses dias, estou pintando e desenhando bastante por conta do meu projeto final da faculdade. Espero conseguir terminar todas as teles em tempo.

Nesses dias, a minha playlist está repleta de Larc e HYDE. Estou alucinada, totalmente viciada por KISS. Que álbum!!!! Eu o ouço uma vez após outra. É totalmente viciante. Pretty Girl, MY HEART DRAWS A DREAM, Spiral, a belíssima Umibe e todas as outras. Uma obra de arte que tem embalado minhas pinceladas. Ah, e também ouço ao novo single do Vamps. Time goes by é divina.

E estou ansiosa por esse dvd. Agora que me apaixonei pelo álbum, acho que o dvd seria muito bem vindo. parece que´foi um show meio temático, não é mesmo? Kyaaa, hyde está lindinho com esse cabelo, não está. Adoro meu anjo com os cabelos mais compridos ^^


Louca e compromissada pelo live de 20 anos em 2011. ヤバーいっすよ~~~~
.
.
.
.
.
.

Tuesday, 19 August 2008

僕の痛みを包み込むような

TIME GOES BY

Lyrics: HYDE
Music: KAZ / HYDE

Do you remember that day?
And the time goes by
I am still alive now

こんな世界で
あぁ、くだらなさに
唾を吐いても、まだ走れるさ
Lighting up my engine getting started

目まぐるしい季節を果ててるまで駆け行く
心の奥でそっと 貴方を思いながら


Do you remember that day?
まぶしくて目を塞いでも
残像が残り、邪魔するのさ
Like a sudden drop that falls on my heart

抑えていた思いが瞬間に溢れ出す
あらゆる景色が今 貴方で埋め尽くす


止まった時の向こう変わらず見つめてる

僕の痛みを包み込むような
そんな柔らかな君が好きだった

目まぐるしい季節を果ててるまで駆け行く
心の奥でそっと 貴方を思いながら


========


O Tempo passa

Tradução: Lady V

Você se lembra daquele dia?
E o tempo passa
Eu ainda estou vivo agora

Num mundo como este
Ah,imprestável
Mesmo desgraçado, ainda tenho forças
Ligando minha máquina, aprontando-me

Até esta estação atordoante estar acabada, eu vou correr
Enquanto, secretamente, no fundo do meu coração, penso em você

Você se lembra daquele dia?
Tão radiante, mesmo quando eu tento fechar meus olhos
As imagens do que aconteceu permanecem, intrometendo-se na minha mente
Como uma gota inesperada que cai no meu coração

O sentimento que eu neutralizei volta à tona num piscar de olhos
Cada cena nos meus pensamentos agora estão devotadas completamente a você

Eu estou olhando estático para este tempo parado
E nele eu amava você que era tão amável e parecia afastar toda minha tristeza


Até esta estação atordoante estar acabada, eu vou correr
Enquanto, secretamente, no fundo do meu coração, penso em você



Fiz algumas adaptações. Adoro esta música ^^

Sunday, 17 August 2008

この胸は夢を描いてくよ



.
.
Adorei este pv!!!! Além de uma atmosfera de tranquilidade e muita paz, também me pareceu mostrar o desejo de que um dia possamos viver em harmonia com todas as possíveis diferenças existente entre nós, com todas as nossas virtudes e defeitos... Juntos, enfim. Adorei a parte em que todas as crianças e eles cantam a música. A mesma música. Comovente. 感動しました.

Além disso a produção de arte é muito boa. Os tons pratas junto com o preto fazem um preto e branco mais especial, algo vibrante.

E a cena final ilustra bem a música: um menino que desenha seus sonhos. Lindo!

.
.
.

Wednesday, 13 August 2008

新たな季節

Nesses últimos dias estou sentindo como se estivesse voltando para casa depois de um longo tempo de ausência. Certas coisas estão voltando para minha vida depois de um longo tempo de afastamento. Primeiro foram os Boys Love mangas que eu não vinha lendo há algum tempo. Estava totalmente desatualizada! Depois foi o Japão de um modo geral. Estou voltando a me interessar pelo estudo dessa língua tão bela e cheia de nuances. Estou voltando a me abrir para a cultura japonesa novamente. Até disso eu estava afastada!! E o estranho é que sempre me foi muito agradável estar perto do Japão através dos mangas, animes, de sua língua, da cultura, de alguns amigos...
A verdade é que esse último ano foi muito atarefado. Pouco tempo até para desenhar eu tive. Minha cabeça parecia tão voltada para assuntos que tinham sua importância, mas que olhando agora daqui, não entendo como pude me afastar de coisas que sempre me fizeram tão bem e, principalmente, sempre me inspiraram.
E dentre tantas coisas preciosas que eu amo e das quais me afastei, certamente, o L´Arc~en~Ciel é da qual mais me envergonho. Principalmente porque minha relação com esta banda, como um todo, é transcendental (sim, sim, coisa de fã) e, portanto, muito, mas muito especial. As músicas dessa banda são a trilha sonora da minha vida desde 1998. Não tem como pensar em algum momento da minha existência desde então sem ouvir a música deles: a bateria, o baixo, a guitarra (s) e a voz que sempre vou achar a mais perfeita, simpática e tão familiar.
Não é que eu tenha parado de ouvir o Laruku, eu simplesmente não acompanhava o que andavam fazendo. Muito de vez em quando, eu ficava sabendo de algum single ou de alguma notícia. Deixei os sites de informações de lado e muitas coisas que faziam parte de uma admiradora tão ardente como eu era. Um fim de romance?
No entanto, nesse período que comecei a colocar as listas de manga, anime e tudo mais em dia, o Laruku voltou ^_^ Primeiro vendo vídeos, depois ouvindo o que eu ainda não tinha ouvido desde então... Um sentimento começou a palpitar novamente. E depois de assistir ao vibrante “Are You Ready?2007またハートに火をつけろ!In.Okinawa” não pude controlar todo meu amor pelo laruku!!!!! Esse é o melhor vídeo de live que já vi do L‘Arc~en~Ciel. Bate até o Grand Cross Conclusion! É simplesmente incrível e lá estava eu aplaudindo e cantando toda empolgada enquanto assistia. Sem dúvidas, a melhor banda de todos os tempos. Eu os amo, não há nada que possa mudar isso ^^
Desde então, estou voltando aos sites de informações e procurando me atualizar das novidades sonoras que eles têm lançado desde então. Muita coisa, por sinal. Descobri que o meu querido Hyde está num trabalho à parte do L´Arc chamado Vamps ; que o L´Arc tem página no MySpace e o Vamps também ^^ Fiquei feliz em saber que os fãs estrangeiros estão se fazendo presentes também. Por sinal, o show na França parece que fez história!
Eu tenho a crença de que a verdade sempre permanecerá sobre o tempo. E um amor verdadeiro não acaba, nem diminui. Volto então a dedicar meu amor a esses artistas tão queridos que se esforçam para fazer sempre música de qualidade. Fico feliz por aquele dia que os conheci. Como num caso de amor.

E estou de volta a uma casa cheia de música, paixão e romances coloridos. Uma casa de cenários vívidos, tons agudos e graves. Ondas pulsantes e versos bem construídos. Uma casa onde a imaginação floresce em botões cheios e onde é sempre primavera.

Monday, 4 August 2008

Saturday, 2 August 2008

Junjou Love




Talvez seja uma das paixões mais antigas. Boy´s Love é um termo comum para quem gosta de um gênero muito específico de manga. Como o próprio nome diz, refere-se a relações amorosas entre rapazes. Freqüentemente, abordam histórias sob uma perspectiva sexual. É um dos gêneros de manga que mais tenho interesse e que mais leio.
Há algum tempo venho colocando em dia minha leitura de BL mangas. Alguns títulos eu retomei, pois, até então, estava sem tempo para leitura (!). E essa ausência de leitura me fez muita falta, pois meu ânimo é outro quando estou apaixonada por alguma nova história. É algo como revitalizar meu interesse artístico. É mesmo como beber de alguma fonte da juventude.






Nesse novo momento de vida, encontrei algumas preciosidades. Uma delas é Junjou Romantica. Trata-se de um Boy´s Love que equilibra muito bem comédia e romance. Nakamura Shungiku, a autora, consegue de forma espetacular contar a história de três casais em três arcos que de alguma maneira se interligam. Temos então, Junjou Romantica (Akihiko X Misaki), Junjou Egoist (Naoki X Hiroki) e Junjou Terrorist (Miyagi X Shinobu).





Cada casal lida com problemas próprios de suas vidas, seus relacionamentos e personalidades. De alguma forma, os semes são pessoas que vieram de amores frustrados, mas que encontraram no coupling atual o verdadeiro amor. Esse tipo de construção narrativa de alternância de núcleo lembra muito o formato dos mangas da Yuki Shimizu (Love Mode, Ze). Não é um modo narrativo freqüente, mas adiciona muita flexibilidade a história e admite variadas possibilidades.

Descobri Junjou Romantica através do anime e somente depois fui ler o manga. O anime é fiel ao manga, o que é muito bom. Uma nova temporada está prevista para começar em outubro com mais 12 episódios. Estou ansiosa ^^


E existem as Novels de Junjou, chamadas Junai Romantica, Egoist e Terrerist que seriam a versão novelizada da história dos personagens. São as novelas supostamente escritas pelo Usami sensei em Junjou Romantica. Estou com muita vontade de traduzi-las. Eu fortaleceria o time das traduções que estão por aí e ainda treinaria meu nihongo ^^ E tem um capítulo de Natal do casal Romantica que eu queria muito traduzir, pois é muito fofinho. O ruim é que Junjou Romantica está licenciado nos EUA, fazendo com que scalations sejam inadmissíveis. Mas se forem em português... Quem sabe?